Descubra por que um sistema solar on grid é o investimento com o menor risco do mercado
5 de abril de 2017
Como deixar o seu agronegócio mais sustentável?
12 de abril de 2017
Show all

Bandeiras tarifárias: como pagar menos na conta de luz?

Desde 2014, o Brasil passa pela chamada crise hídrica, causada pela escassez de chuvas em diversas regiões do país. A falta de água nos reservatórios chegou a níveis tão críticos que em São Paulo, por exemplo, a população teve de passar por períodos de racionamento. Em um país onde 70% da energia gerada tem origem nas hidrelétricas, era de se esperar que a falta de água também afetasse a conta de luz. Foi aí que surgiram as bandeiras tarifárias.

Mas como elas funcionam e o que fazer para evitar que elas pesem no bolso no fim do mês? Continue lendo e descubra!

Como funcionam as bandeiras tarifárias?

As bandeiras tarifárias entraram em vigor em 2015, depoisde um ano de seca nos principais reservatórios do país. Pelo modelo, as bandeiras (com as cores verde, amarela e vermelha) indicam as condições de geração de energia no Brasil.

Elas funcionam como um “semáforo de trânsito”, sinalizando o custo de geração de energia para o consumidor. Definidas mensalmente — em Março, por exemplo, a Aneel faz o anúncio da cor da bandeira de Abril —, elas seguem as seguintes regras:

  • se a bandeira for verde, não há acréscimo na tarifa;
  • se for amarela, o aumento é de R$ 2,00 para cada 100 kWh consumido no mês;
  • se for vermelha, o aumento passa de R$ 2,00 para R$ 3,00 a cada 100 kWh consumidos.

Para exemplificar, um consumidor que paga R$ 100 por mês pelo consumo de 240 kWh na bandeira verde pode chegar a pagar R$ 109 na bandeira vermelha.

bandeiras-tarifarias-como-pagar-menos-na-conta-de-luz2

O que o governo espera com as bandeiras tarifárias?

Com a seca, as hidrelétricas passaram a gerar menos energia e as térmicas, cujo custo de geração é mais caro, foram acionadas. Com isto, a energia ficou mais cara no país.

A bandeira verde significa que os custos para gerar energia estão “baixos” e não é necessário nenhum acréscimo na tarifa. A bandeira amarela, por sua vez, indica um sinal de atenção, pois os custos de geração estão aumentando.

Já a bandeira vermelha sinaliza que foi necessário o acionamento de grande quantidade de termelétricas devido aos níveis críticos nas hidrelétricas. Isso significa que a energia ficou mais cara e, portanto, esse aumento é repassado ao consumidor.

bandeiras-tarifarias-como-pagar-menos-na-conta-de-luz3

O que fazer para economizar na conta de luz?

As bandeiras tarifárias também são uma medida educativa, com o objetivo de ensinar o consumidor a economizar energia. Para isso, utilizar lâmpadas econômicas, tomar banhos rápidos e fora do horário de pico e aproveitar mais a luz do dia são algumas dicas essenciais.

Porém, quem realmente quer economizar e não ficar à mercê das bandeiras tarifárias possui uma alternativa viável e eficiente: a instalação de sistemas de geração de energia fotovoltaicos.

A energia solar vem crescendo, bem como os investimentos feitos nessa fonte renovável. Não é a toa que empresas como Apple e Google vêm investindo pesado em fazendas solares para fornecer energia aos seus data centers.

Mas a energia solar não é somente uma realidade para grandes empresas, podendo também trazer benefícios para sua residência. Veja alguns deles abaixo:

  • economia na conta de energia: a redução na conta de luz pode chegar a até 90%;
  • valor investido pago em cerca 5 anos: o valor inicial para instalar um sistema pode ser alto, mas é investimento que será pago em cerca de 5 anos, e que trará retornos por muito mais tempo;
  • opção sustentável: quem quer contribuir com a preservação do meio ambiente tem na energia solar a melhor opção;
  • autonomia energética: você nunca mais terá medo das bandeiras tarifárias e poderá tomar seus banhos tranquilamente sabendo que sua energia está garantida;
  • rendimento para o seu bolso: a energia solar é um investimento muito melhor do que trocar de carro, por exemplo, e pode trazer rendimentos para o seu bolso, como no caso do sistema solar on-grid.

Em suma, a energia solar é a melhor solução para driblar as bandeiras tarifárias e pagar menos na conta de luz todos os meses.

E você, o que acha do sistema de bandeiras tarifárias? Já conhecia os benefícios da energia solar para sua residência? Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário e compartilhe conosco!

saiba-quanto-custaria-instalar-energia-solar-fotovoltaica-em-casa

Oca Energia
Oca Energia
A Oca Solar Energia é uma empresa especializada em Capacitação, Treinamento e Consultoria em energia solar fotovoltaica. Nosso vasto know-how na comercialização, gestão de projetos e instalação de sistemas fotovoltaicos conectados (on-grid) e autônomos (off-grid) nos permite oferecer aos nossos clientes uma abordagem realista de todos os aspectos técnicos e de negócios relacionados à energia solar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *