Selo Procel: O Que É e Como Pode Auxiliar na Economia de Energia?

Antes de mais nada, é importante saber que pode-se encontrar o Selo Procel em vários produtos, e com certeza você já topou com ele.

Este, foi criado com o objetivo principal de nos ajudar a economizar na conta de energia.

Contudo, você sabe como isso acontece? E qual a forma certa de ler todas as informações que tem no selo?

Se a resposta for não, esse artigo é para você! Boa leitura.

O que é o Selo Procel?

O Selo Procel é uma etiqueta encontrada em diversos eletrodomésticos. Por exemplo: geladeira, freezer, ar-condicionado, entre outros. Mas você sabe qual a sua funcionalidade?

Acima de tudo, o objetivo principal é ajudar (e orientar) o consumidor no momento da compra desses produtos. Nesse sentido, ele mostra quais apresentam os melhores níveis de eficiência energética, dentro de suas categorias.

Dessa forma, torna oportuno ao consumidor ter mais uma “ajuda” na economia da sua conta de energia.

Como um produto adquire o selo procel?

De antemão, é importante dizer que esse selo foi criado por Decreto Presencial em 8 de dezembro de 1993. Nesse sentido, o nome que recebeu foi “Selo Procel de Economia de Energia“.

Contudo, o que o selo tem a ver com a economia de energia? Calma que vamos explicar!

O selo, foi feito pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel). Este, é um programa do Governo Federal, executado pela Eletrobrás.

Assim, por meio de ensaios em laboratórios certificados pelo Instituto Nacional de Metrologia Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), os produtos são testados e classificados de acordo com seu nível de consumo de energia.

Em outras palavras, cada item passa por uma classificação que vai de A até G. ”A” (e letras mais próximas dele) tem uma melhor eficiência energética. Ou seja, consomem menor quantidade de energia. Os classificados com a letra ”G”, tem menor eficiência energética.

Seja como for, apenas produtos que atingem os índices indicados são premiados com o Selo Procel.

Vale lembrar também que do mesmo modo, cada produto deve estar em sua categoria.

O selo apresenta quatro categorias que são:

  1. Eletrodomésticos; 
  2. Lâmpadas e Reatores; 
  3. Bombas e Motores;
  4. Equipamentos Solares.

Dessa forma, fica cada vez mais fácil para o consumidor fazer a escolha certa na hora da compra.

Agora vamos ver sobre os produtos que tem esse selo no próximo tópico!

Produtos com o Selo Procel

A princípio, muitas pessoas acreditam que o Selo Procel está em todos os itens do mercado. Mas isso não acontece!

Atualmente, de acordo com a categoria, criou-se uma lista de produtos que contém o selo.

Vamos mostrar ela para você agora. Então anota aí!

Eletrodomésticos

  • Congeladores
  • Refrigeradores
  • Lavadoras
  • Televisores
  • Ventiladores
  • Condicionadores de ar
  • Micro-ondas

Iluminação

  • Lâmpadas Fluor. Compactas
  • Lâmpadas a Vapor de Sódio
  • Lâmpadas LED
  • Reatores
  • Luminárias LED

Motores e Motobombas

  • Bombas e Motobombas
  • Motores Elétricos

Solares

  • Sistema de Aquecimento Solar
  • Sistema Fotovoltaico

Quais as vantagens do Selo Procel?

Em primeiro lugar, é válido citar que o selo trás grandes vantagens aos clientes. Além disso, informa com propriedade sobre a eficiência energética do produto em questão.

Muitas outras informações também são mostradas. Por exemplo, o consumo mensal de energia em kWh/mês, os tipos de tensão necessária, etc. Pois, algumas características se alteram de acordo com as categorias de cada produto.

No entanto, as vantagens não são úteis apenas para o consumidor!

O selo também oferece vantagens para as empresas. Do mesmo modo, incentiva cada vez mais a fabricação de produtos econômicos, e com maior eficiência. Nesse ínterim, ajuda até mesmo os profissionais que trabalham nessa área! Pois, além de favorecer cada vez mais o avanço tecnológico, incentiva na preservação do meio ambiente e apoia a sustentabilidade.

Em contrapartida a tantas vantagens, é importante que o consumidor fique atento a todas as informações que contém no selo. Às vezes, o produto pode ter um valor agregado maior do que o oferecido no mercado.

Gostou dessas dicas?! Então vamos para o próximo tópico.

Como entender a etiqueta?

É muito simples entender as informações que estão na etiqueta. Vamos lá!

Antes de tudo, ela começa informando o tipo de equipamento. Em seguida o nome do fabricante e depois ela mostrará o modelo e a tensão. Esta, pode ser de 110v ou 220v.

Juntamente com essas informações, logo abaixo, a etiqueta indica a letra de classificação do produto. Lembre – se que ”A” indica maior eficiência e ”G” menor eficiência.

selo procel

Por fim, terá a quantidade que o item consome de energia em kWh/mês.

Viu como é fácil? Agora você não tem mais desculpa para não prestar atenção no selo procel dos produtos que comprar.

Conclusão

Em suma, você pode ver que o selo procel oferece várias vantagens ao consumidor na hora de fazer a compra de um produto.

Além de incentivar de maneira direta e positiva a sustentabilidade, se você souber ler o selo do modo certo, com certeza a economia de energia já é certa quando a próxima conta chegar.

Afinal, quem não quer pagar uma conta de energia mais barata?

Nesse sentido, se você quer saber mais e entender a fundo sobre a “eficiência energética”, é só ouvir a entrevista que preparamos para você com o Tiago Silva, especialista nesse assunto.

https://open.spotify.com/episode/0yGVJnHvX9tSpAOMma68GS?si=xpO3YFIgRl2mwzrM-7H8vA

Em conclusão, se você quiser saber mais sobre outras formas de economizar na conta de energia, venha conhecer os diversos benefícios que a energia solar tem a oferecer. Peça um orçamento do seu sistema fotovoltaico agora mesmo!

Até a próxima.

Gabriela Viana
(16) 3011 – 0547
Oca Solar Energia
Oca Solar Energia
Cursos | Notícias | Projetos | Serviços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *