Confira 5 dicas para você crescer em sua carreira como eletricista atuando no setor de energia solar

O mercado de fontes alternativas está mais quente do que nunca. A demanda para o setor é intensa e as oportunidades em energia solar têm aparecido com frequência graças às iniciativas de fomento governamentais e resposta do setor privado.

Conforme pesquisa do Ministério de Minas e Energia, de 2014, estima-se que hoje no Brasil existam cerca de 960 unidades consumidoras de sistemas fotovoltaicos. A tendência é que nos próximos sete anos esse número suba para mais de 160 mil unidades.

Dados como esses têm colocado o Brasil na posição de pioneiro na utilização de recursos renováveis. O maior incentivo para especialização nesse setor é que esse crescimento tende a se manter constante até o ano de 2050, conforme aponta pesquisa do Greenpeace.

Listamos algumas dicas para você entrar de vez nesse ramo tão promissor. Confira.

1. Falta mão de obra especializada

A primeira dica é a respeito do mercado em si e à absorção da mão de obra. O fato é que faltam profissionais preparados e há uma demanda muito grande de gente com conhecimento em sustentabilidade. De fato, isso tem dificultado o crescimento do setor, pois como tudo é muito novo, poucos estão devidamente treinados para atender as necessidades da área. Você está?

Realizar um curso de energia solar ou de sistemas fotovoltaicos pode ser um fator de sobrevivência no mercado de eletricidade, já que a tendência é da consolidação das alternativas sustentáveis.

2. O mercado de energia solar é um convite ao pioneirismo

De fato, é fundamental que se busque especializar no setor de energia solar. Como esse mercado se aqueceu há pouco, existe a possibilidade de crescimento rápido atuando nesse ramo.

Além disso, as expectativas de capacitação em energia solar estão longe de serem inacessíveis. Pelo contrário. Com a internet ficou bastante fácil encontrar diversos cursos com certificado nesse campo. É importante, porém, ponderar a respeito das disciplinas, quadro técnico de professores e carga horária do curso, e sempre que possível, buscar cursos com diferenciais para o mercado. A partir disso, a oportunidade de especialização é algo que se torna viável e bastante acessível.

3. A possibilidade de aprendizado é imensa

Como o mercado de trabalho no setor de energia solar é relativamente novo, o ganho de conhecimento na área profissional é imenso. Isso porque o setor traz novidades tecnológicas e todo o aparato de sistemas fotovoltaicos tem suas especificidades. Com isso, surge a necessidade de adequação técnica, logo, quanto antes se atualizar, mais fácil para entrar nesse mercado promissor.

4. Os ramos de atuação em energia solar são vários

A capacitação para eletricistas no setor de energia fotovoltaica permite vislumbrar uma atuação ampla em vários ramos.

  • setor industrial tem apresentado alta aderência nos últimos anos à energia fotovoltaica. A redução de custos e de dependência estatal têm ampliado os investimentos por parte das indústrias;
  • A área de comércio e serviços também tem vislumbrado o investimento em energia solar como uma possibilidade de redução de custos;
  • área residencial é a que mais emprega no país. As possibilidades de pioneirismo e de geração da própria energia por parte dos usuários têm atraído muitos adeptos;
  • Os Programas Habitacionais têm uma grande demanda de investimento por parte do Governo Federal.

Com todas essas possibilidades de atuação, o que não pode faltar é especialização.

5. Especialize-se: a porta de entrada nesse mercado é o conhecimento técnico em energia solar

Como a fonte fotovoltaica deixou de ser uma solução do futuro, o que não falta é disponibilidade de curso de instalação de energia solar. Há materiais visando vários níveis técnicos, de eletricistas a engenheiros.

Normalmente esses cursos visam o ensino de critérios técnicos para análise de uma instalação fotovoltaica. Com isso, há o aprendizado do estudo de viabilidade de projeto, estimação da necessidade energética e dimensionamento de instalações, dentre outros parâmetros técnicos.

Enfim, o mercado de energia solar está em aquecimento e apresenta grandes possibilidades de crescimento rápido para quem se especializa no setor. Por isso é fundamental se atualizar, já que a oportunidade mora no conhecimento de sustentabilidade.

E você, pretende se especializar em energia solar? Aproveite para comentar no blog sobre suas expectativas para o setor.

trabalhe com energia solar, veja nossos cursos

Oca Energia
Oca Energia
Fundada no ano de 2014, a Oca Solar Energia é uma empresa especializada em capacitação e treinamento em energia solar fotovoltaica. Somos extremamente preocupados com a qualidade e aplicabilidade dos nossos treinamentos, por isso em 2015 firmamos uma parceria com o SENAI que é referência em treinamentos técnicos. Parceria esta que vem crescendo e hoje atende vários estados no Brasil. Para os alunos que não conseguem fazer o curso presencial, oferecemos uma plataforma EAD com o diferencial de ter encontros ao vivo e proporcionar aos alunos integração com o instrutor em tempo real e otimização do seu processo de aprendizado. Além da parceria com o SENAI, contamos com grandes parceiros relacionados ao setor, como Genyx Solar Power (distribuidora especialista em energia solar), Clamper (referência no segmento de proteção contra raios e surtos elétricos) e Sil Fios e Cabos Elétricos (uma das principais empresas brasileiras de seu segmento). Com o intuito de difundir ainda mais a energia solar no Brasil e no mundo, nós da OCA promovemos os cursos e treinamentos especializados para capacitação e aperfeiçoamento pessoal e profissional, por meio de atendimento personalizado, entendimento das necessidades dos clientes, alinhamento de expectativas e transparência nas negociações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *