Cursos e Projetos

Eficiência Energética: Tudo o que você precisa saber está aqui!

Que o uso da energia se torna cada vez mais intenso a cada dia que passa você já sabe. Aposto que também sabe que nossa matriz energética, é composta por diferentes fontes de energia para nos abastecer, como hidrelétricas, energia solar, eólica, termelétricas, entre outras.

Então, acredito que a informação que você veio buscar aqui está mais relacionada ao uso dessas fontes de energia e sobre como é feita a gestão dessas fontes para aproveitar ao máximo seu potencial.

Se eu acertei, e você quer saber mais sobre o que é eficiência energética e como ela funciona, esse é o lugar! Então vamos lá!

Para começar, vamos entender o que eficiência energética significa, e por qual motivo ela é tão importante.

Boa leitura!

Eficiência Energética: o que é?

Em primeiro lugar, vale ter em mente que quando se discute eficiência energética os objetivos são:

  • gerar a mesma quantidade de energia consumindo menos recursos naturais;
  • obter o mesmo desempenho de um aparelho com um menor gasto de energia.

Assim, podemos dizer que eficiência energética é o uso racional e inteligente de energia, buscando realizar os mesmos processos utilizando menos recursos.

Cada um de nós pode contribuir para um uso mais eficiente da energia indo em busca de aparelhos mais eficientes.

O Selo Procel que encontramos nos eletrodomésticos, por exemplo, indica qual dos aparelhos é mais econômico no uso da energia e, portanto mais eficiente energeticamente.

Assim como o Selo Procel pode auxiliar na busca por equipamentos mais eficientes, também existe um programa para o uso eficiente dos combustíveis, o Conpet. Do mesmo modo, você pode procurar pelo Selo Conpet de Eficiência Energética na hora de comprar alguns produtos como: fogões, aquecedores de água a gás e carros.

Além disso, vale lembrar que também existe o Programa de Eficiência Energética (PEE), da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que tem como objetivo: “promover o uso eficiente da energia elétrica em todos os setores da economia por meio de projetos que demonstrem a importância e a viabilidade econômica de melhoria da eficiência energética de equipamentos, processos e usos finais de energia.”

E mais: de acordo com a Lei nº 9.991/2000, dispõe que as distribuidoras de energia têm a obrigação de destinar anualmente receitas para o combate ao desperdício de energia.

Saiba mais em: https://www.gov.br/aneel/pt-br/assuntos/eficiencia-energetica/pee

Toda essa preocupação em informar e testar a eficiência pelos principais órgãos reguladores, mostram como o tema é relevante e merece a atenção da sociedade como um todo.

Se você quer se aprofundar mais no assunto e ouvir a opinião de um especialista na área, dá o play nesse podcast que está aqui a baixo, com Tiago Silva que é Engenheiro Eletricista e especialista em eficiência energética.

Desperdício de energia no Brasil

Sobretudo, nos dias de hoje, é de suma importância conscientizar a população sobre a importância de economizar energia elétrica, cada vez mais.

Os últimos dados divulgados pela Associação Brasileira das Empresas de Conservação de Energia (ABESCO) mostram que entre 2015 e 2017, o Brasil teve um desperdício energético de mais de 60 bilhões de reais. Valor que seria suficiente para a construção de 240 hospitais.

É muita coisa! Ainda mais levando em conta que em 2021 registramos a pior crise hídrica dos últimos 90 anos.

Por esse motivo, o setor elétrico lança, de maneira frequente, campanhas contra o desperdício de energia que são veiculadas em rádio, televisão e internet.

Na verdade, tudo isso tem a ver com a necessidade cada vez maior de se encontrar meios de evitar que um “apagão”, como o que já ocorreu em alguns estados, ocorra novamente.

A população não para de aumentar, isso é um fato! O que exige que os governos busquem meios de gerar cada vez mais energia para suprir as necessidades da população.

Eficiência Energética: importância e benefícios

De acordo com a Carbon Trust – Empresa do Reino Unido que trabalha com governos, inovadores e empresas com o objetivo de acelerar a comercialização de tecnologias de baixo carbono- em sua pesquisa intitulada “Transformative Investiment for Energy efficiency and Renewable Energy” (Investimento transformativo para Eficiência Energética e Energias Renováveis), publicada em 2017, o mercado de eficiência energética brasileiro é estimando em R$18 bilhões.

Nesse sentido, empresas ESCO´s (Empresas de serviço de conservação de energia), captam cerca de R$531 milhões anualmente. É muita economia não é mesmo?

No entanto, não só grandes empresas podem fazer sua parte. Os cidadãos, além de buscar por aparelho mais eficientes, podem também fazer a diferença para o meio ambiente com o uso da energia de forma consciente, apenas com pequenas mudanças de hábito.

Ao se dedicar a estratégias que tenham como foco a eficiência energética, o primeiro benefício que poderá ser notado é a redução considerável na conta de luz no final do mês.

A energia solar fotovoltaica, é um excelente exemplo, veja só: a pessoa que instala um sistema de energia solar, por mais que seja um sistema residencial pequeno, produz energia suficiente para abastecer aquela residência e “desafogar” um pouquinho o sistema elétrico. O benefício pode ser ainda maior se a produção do sistema for maior que o consumo da residência, essa “energia que sobra” é injetada de volta na rede e ajuda o sistema elétrico a abastecer outras residências, além de gerar créditos de energia para o proprietário do sistema.

Legal, né? Quer saber mais sobre a energia solar fotovoltaica e como ela funciona? Acesse nosso site www.ocaenergia.com, você vai encontrar vídeos, artigos, cursos e muito conteúdo sobre o assunto. 😉

Além disso, como dito antes, há um aumento exponencial da demanda energética em todo o mundo.

Desse modo, o ideal é que ano a ano as pessoas e autoridades recorram a novas opções de geração de energia e não fiquem mais reféns do modelo convencional de geração de energia (aqui no Brasil, principalmente usinas hidrelétricas).

Dessa forma, a criação de fontes alternativas de energia se faz cada vez mais necessária para aumentar nossa matriz e principalmente a eficiência energética em casas, comércios e indústrias.

Com isso, todo mundo ganha e a natureza agradece!

O futuro da eficiência energética: carros elétricos

A eficiência energética não se aplica apenas à lâmpadas, podemos aplica-la também aos veículos.

Inclusive, as vantagens dos veículos elétricos, em comparação com os automóveis a combustão, são muitas e a primeira delas é sua eficiência energética!

Como há dezenas de milhões de veículos convencionais circulando no país, os elétricos podem reduzir consideravelmente tanto desperdícios de combustíveis, sobretudo de origem fóssil, e ainda representarem um grande salto na diminuição da emissão de gases do efeito estufa.

Em síntese, a economia do veículo elétrico é basicamente o triplo em relação à gasolina e o custo do km rodado é o menor do mercado.

Um veículo a combustível fóssil, por exemplo, possui muito mais itens a serem avaliados em uma manutenção preventiva, o que gera tempo parado, maior custo e indisponibilidade de uso, enquanto o carro elétrico oferece manutenção preventiva, rápida e eficaz.

Muitos estados estão buscando incentivos para aumentar a produção e o custo dos elétricos, mas ainda há muito a se fazer para que eles realmente “arranquem” no mercado, como por exemplo a criação de redes de abastecimento mais amplas.

Quer saber um pouco mais sobre esse assunto? Tenho dois vídeos para te indicar aí abaixo:

Deixe sua opinião sobre os carros elétricos. Acredita que eles vieram pra ficar e são o futuro da eficiência energética?

Por último, se você quer saber tudo o que acontece sobre eficiência energética e carros elétricos no Brasil, não esquece de nos seguir no canal do youtube.

Até lá!

Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Thuany Santos
Jornalista
(16) 3011 – 0547
thuany.nascimento@ocaenergia.com

Contém imagens: Pexels, Freepik, Pixabay, Unsplash, Google Imagens e Fotos Divulgação das fontes citadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *