Instalações Elétricas Prediais: tudo o que você precisa saber!

Para você que deseja trabalhar com instalações elétricas prediais, esse artigo tem tudo o que você precisa saber.

Seja residencial ou comercial, além da estrutura de cada apartamento ou sala, precisa se projetar tudo muito bem, para dar a segurança que moradores e visitantes merecem.

Além disso, instalações elétricas prediais precisam ser funcionais. Ou seja, no caso da iluminação, por exemplo, ela pode ser decorativa mas também deve contribuir para o bem-estar das pessoas.

instalações elétricas prediais

Nesse artigo você entenderá o que é uma instalação elétrica predial, qual a melhor maneira de fazer uma instalação elétrica segura, as classificações das instalações elétricas prediais e muito mais.

Para conferir tudo isso, continue a leitura!

O que é uma instalação elétrica predial?

De antemão, é importante citar que existem três tipos de instalações elétricas: as prediais (ou residenciais), comerciais, e industriais.

Nesse sentido, as prediais são as mais simples. Quase sempre limitadas à instalação de cabos, tomadas, pontos de iluminação e disjuntores, entre outras atividades.

Em contrapartida, não é porque é uma área mais simples, que não requer a atenção em todos os processos.

Para evitar problemas, o ideal é ter todos os cuidados já na fase inicial do projeto.

Contudo, o que é um projeto de instalações prediais elétricas?

instalações elétricas prediais

Este, nada mais é do que uma reunião de informações. Ou seja, composta por tabelas de informações, diagramas elétricos e símbolos das instalações elétricas. Lembrando que tudo deve estar de acordo com as normas de segurança.

Em síntese, com um projeto em mãos você evita o desperdício de materiais durante a obra, problemas futuros com as instalações e além de tudo fica fácil fazer futuros reparos.

No entanto, caso algo seja mal executado a instalação elétrica pode ter diversos tipos de problemas. Desde a falta de energia até incêndios. Complicações que além de perigosas, sairão caro para o bolso da construtora e dos condôminos no futuro.

Os profissionais que geralmente participam de um processo de instalação elétrica são:

  • o engenheiro (responsável pela obra);
  • um mestre de obras;
  • ao menos dois eletricistas.

Está esperando o que para começar a sua capacitação em eletricidade básica? Conheça o curso EAD da Oca Solar Energia.

Classificações das instalações elétricas prediais

À primeira vista pode-se considerar as instalações elétricas prediais fáceis se compara-las com instalações elétricas industriais.

Contudo, esse é um tópico que requer muita atenção de você profissional. Ele está ligado de maneira direta aos seu nível de conhecimento e estudo.

Sendo assim, vamos ver quais as classificação das instalações?

instalações elétricas prediais

Tensão reduzida ou extra baixa tensão

É a instalação que opera com tensão elétrica nominal menor ou igual à 75V em corrente contínua, ou menor ou igual a 50V em corrente alternada.

Baixa Tensão (BT)

Opera com tensão elétrica nominal superior à 75V e menor ou igual à 1500V em corrente contínua. Superior à 50V e menor ou igual à 1000V em corrente alternada.

Alta Tensão (AT)

É a instalação cuja tensão excede os valores definidos para baixa tensão. Pode atingir várias centenas de kV.

Com isso em mente já podemos ir ao próximo tópico!

Instalações elétricas prediais: como fazer?

Em primeiro lugar, você pode (e deve) dividir as instalações elétricas prediais em 4 partes. Isso irá tornar fácil a sua organização e o trabalho mais rápido de ser feito.

Veja só!

INFRAESTRUTURA

  • Eletrodutos;
  • Caixas de passagem;
  • Caixas de medidores;
  • Fixadores para cabos;
  • Suportes;
  • Entre outros.

MEDIÇÃO E PROTEÇÃO

Monitoram e protegem as instalações elétricas.

  • Medidores;
  • Disjuntores;
  • Fusíveis;
  • Relés.

CABEAMENTO

Encarregados por conectar a fonte e as cargas elétricas. Por exemplo, equipamentos:

  • Elétricos;
  • Eletrônicos;
  • Motores;
  • Etc.

CONTROLE

Função: Acionar e desacionar cargas. Por exemplo:

  • Interruptores;
  • Sistemas para controle;
  • Sensores para automatização;
  • Entre outros.

Agora já podemos ver um passo a passo simples e rápido para realizar instalações elétricas prediais.

Passo a passo de instalações elétricas prediais

Toda obra é uma loucura!

Sendo assim, quando está na hora de fazer as instalações elétricas prediais, realizam – se várias outras atividades ao mesmo tempo.

Por essa razão, toda parte elétrica, ou seja, com os pontos certos de eletricidade, já estão decididos no projeto antes mesmo da obra começar.

instalações elétricas prediais

Dessa forma, realizam-se grande parte das instalações na laje ou abaixo delas (acima do gesso). Pois estas, ficam em seu interior e levam fios que ligam pontos de luz no teto e até os interruptores.

Depois disso, instala-se os eletrodutos e caixas de luz. Em seguida, só após todo esse processo, que as lajes são concretadas.

Fácil né?

Deste modo, explicamos a parte principal de uma instalação elétrica, de maneira simples e rápida. Se você quiser se aprofundar mais, que tal começar pela parte de elétrica básica?

Como realizar a manutenção da instalação elétrica predial

Antes de tudo, é legal deixar claro que apesar disso parecer “clichê”, a manutenção preventiva é a melhor solução.

É claro…ao passo que no dia a dia, os próprios moradores do prédio, fiquem atentos aos problemas que uma instalação possa ter, as trocas podem ser feitas. As lâmpadas são o principal exemplo neste caso.

Em média, a instalação de qualquer lugar dura em média 30 anos. Sendo assim, é de suma importância que se realize de maneira correta a manutenção e possíveis reformas. Tanto nos casos de edifícios recém construídos assim como nos mais antigos.

Nesse ínterim, é preciso levar em consideração também o fato de que a nossa demanda de energia elétrica aumentou muito nos últimos tempos.

De acordo com dados do Laboratório de Eficiência Energética em Edificações (labEEE) o consumo médio de energia elétrica nas residências brasileiras foi de 152,2 kWh/mês.

Ou seja, é bastante comum que uma instalação mais antiga não esteja preparada para receber a quantidade de equipamentos elétricos usados hoje em dia.

Dessa forma, instalações defasadas apresentam sérios riscos para as pessoas, equipamentos e para o próprio edifício.

Seja como for, o indicado é que a cada 5 anos seja feita a manutenção nas instalações elétricas prediais. Seja por meio de uma revisão ou inspeção elétrica.

4 coisas essenciais para uma instalação elétrica predial

Depois de entender o que é uma instalação elétrica predial e como fazer todo passo a passo, é hora de entender que existem alguns cuidados que precisam ser tomados. Antes, durante e depois, a fim de garantir que o resultado seja o melhor possível. Afinal, nem você, nem os seus clientes querem correr riscos!

Assim, vamos mostrar a você 4 pontos para se levar consideração ao realizar instalações elétricas prediais. Vamos lá!

1 – Profissionais capacitados

instalações elétricas prediais

Antes de mais nada é preciso citar que eletricidade é assunto sério. Tudo, vai muito além de simples ações como acender uma lâmpada.

Portanto, em primeiro lugar, uma equipe bem treinada é de extrema importância para uma instalação de sucesso.

Sendo assim, não basta estar em dia com as normas de segurança que uma instalação elétrica predial exige. É preciso, ter um conhecimento técnico aprofundado!

Pois, além de colocar de maneira correta todos os componentes elétricos em seus devidos lugares, é preciso se certificar de que tudo vai funcionar da maneira certa.

Por fim, seja você engenheiro(a) eletricista, arquiteto(a), técnico(a) eletricista, se você for bem capacitado(a) sua instalação elétrica predial será um sucesso.

2 – Equipamentos de segurança

instalações elétricas prediais

Ao passo que um profissional tem todo conhecimento técnico e é bem qualificado, ele sabe que os equipamentos de segurança são de extrema importância e precisam estar presentes em qualquer tipo de obra.

Os materiais mais comuns são:

  1. botinas e luvas de segurança;
  2. vestimentas especiais;
  3. luva e manga isolante de borracha;
  4. cinto de segurança.
  5. Entre outros.

Em suma, caso algo de errado aconteça todos estarão protegidos de levar choques, se queimar ou sofrer quedas.

3 – Materiais de qualidade

Além dos equipamentos de segurança, para uma instalação ocorrer de forma segura para os profissionais e usuários do prédio, os materiais precisam ser de qualidade.

Sob o mesmo ponto de vista para que tudo saia conforme o que se planejou, todas as peças precisam estar de acordo com as especificações e necessidades técnicas propostas para a instalação.

Sendo assim, é primordial pensar na qualidade e na durabilidade desses materiais.

Enfim, uma instalação elétrica predial problemática só gera retrabalhos, despesas extras, além dos riscos para a segurança de todos.

4 – Conversa com o cliente

Por fim e não menos importante, converse com seu cliente antes, durante e depois da obra.

Afinal, mais importante que uma instalação elétrica bem feita é ouvir as necessidades do seu cliente e estar atento aos detalhes.

Por exemplo, se a quantidade de tomadas e interruptores atende ao uso que aquele espaço requer, se ele quer que adicione algum item, etc.

Assim, você não corre riscos de não gostarem de alguns aspectos e dessa forma não comprometer o resultado final.

Conclusão

Em conclusão esperamos ter ajudado você a sanar algumas dúvidas e tomar decisões importantes para sua carreira.

Em síntese, procuramos passar de forma simples e objetiva, tudo o que você precisa saber sobre instalações elétricas prediais.

instalações elétricas prediais
https://www.freepik.es/

Nesse ínterim, você viu também o quão importante é se qualificar. Pois ter o domínio do conhecimento é um percurso necessário para tornar-se um profissional de sucesso.

Por fim, se você ainda tem alguma dúvida deixe seu comentário abaixo. Continue nos acompanhando também em nossas redes sociais. Temos novos conteúdos toda semana!

Até a próxima!

Thuany Santos
Jornalista
(16) 3011 – 0547
Oca Energia
Oca Energia
Fundada no ano de 2014, a Oca Solar Energia é uma empresa especializada em capacitação e treinamento em energia solar fotovoltaica. Somos extremamente preocupados com a qualidade e aplicabilidade dos nossos treinamentos, por isso em 2015 firmamos uma parceria com o SENAI que é referência em treinamentos técnicos. Parceria esta que vem crescendo e hoje atende vários estados no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *