Descubra por que um sistema solar on grid é o investimento com o menor risco do mercado

Não é segredo que a energia solar é uma excelente alternativa para conquistar autonomia energética e economizar dinheiro. A redução na conta de luz pode chegar até 90%, o que faz com que o investimento em nos painéis fotovoltaicos se pague em cerca de 25 anos.

Mas a verdade é que a energia solar não só é uma fonte de economia, como também pode ser um investimento tão seguro quanto a poupança e ainda mais rentável.

Ficou curioso? Continue lendo!

descubra-por-que-um-sistema-on-grid-e-o-investimento-com-o-menor-risco-do-mercado-05-042

Como funcionam os sistemas solares de energia?

Existem dois tipos de sistemas de energia solar: o off grid e o on grid.

O primeiro são aqueles sistemas autônomos, independentes da rede de distribuição de energia elétrica, que se sustentam através de baterias, fazendo o armazenamento da energia gerada para uso posterior.

Já o segundo, sistema fotovoltaico on grid, trabalha conectado diretamente à rede de distribuição de energia. Mais eficiente que o sistema off grid, esse modelo dispensa a utilização das baterias e dos controladores de carga, o quefaz com que seu kit tenha um preço mais baixo.

No caso de sistemas on grid, os inversores terão, além da função tradicional de converter a corrente contínua (CC) em corrente alternada (CA), a função de sincronizar o sistema com a rede pública.

Você pode se perguntar, mas por quê?

No sistema on-grid, por não possuir dispositivo de armazenamento, toda a energia excedente produzida (aquela que não é utilizada pela residência ou pela empresa) é enviada de volta à rede convencional de energia elétrica.

Com isso, o relógio medidor de energia elétrica gira no sentido contrário e esse excedente é convertido em créditos de energia, que podem ser utilizados em momentos onde a demanda é maior que a produção, dentro de um período de até 36 meses.

descubra-por-que-um-sistema-on-grid-e-o-investimento-com-o-menor-risco-do-mercado-05-043

Por que o sistema solar on grid é um investimento?

O sistema solar on grid é comumente comparado a um investimento de renda fixa, ou seja, uma forma de mobilizar uma parcela do seu capital (que se torna um ativo) e fazê-la render trazendo retorno financeiro conhecido em determinado período.

Outras aplicações conhecidas de renda fixa que podem ser citadas são a poupança, CDB e o Tesouro Direto. Em todas elas, o investidor aplica um capital que vai rendendo uma porcentagem desse valor a cada mês e, depois de um tempo, poderá sacar o dinheiro junto com seus rendimentos.

A instalação de um sistema solar on grid funciona quase que da mesma maneira. Você faz um investimento inicial na aquisição do sistema, e todo mês ele gera uma quantidade de energia que vira crédito em seu nome na concessionária.

No sistema solar on grid, você só paga se consumir mais do que produziu, o que gera uma economia considerável no fim do mês, ou seja, rendimento para o seu bolso;

Os rendimentos mensais advindos da instalação do sistema são excelentes, principalmente por que não há taxas de administração, períodos rígidos para sacar o dinheiro ou incidência de imposto de renda como no caso das outras aplicações.

O retorno é imediato, a partir da instalação do sistema, e se por um lado o Tesouro Direto tem rendimento anual de 10%, a energia também fica mais cara a cada ano, sofrendo um aumento dos mesmos 10%.

Resumindo, a cada ano, a economia gerada representa uma soma maior de dinheiro, visto que a energia produzida e convertida em créditofica mais cara. E para que você veja o que estamos falando em números, montamos a tabela abaixo com a comparação entre os dois tipos de investimento: sistema solar on grid e Tesouro Direto.

Para os dois casos, consideramos um tempo de investimento de 24 anos — tempo médio para que o sistema de energia solar se pague —, e um capital inicial de R$ 50 mil. Veja só:

17

Investimento em Tesouro Direto Investimento em energia solar
Ano Capital investido Rendimento Soma Ano Tarifa energética Energia gerada Rendimento (economia) Soma
0 R$ 50.000,00 R$ 5.000,00 R$ 55.000,00 0 R$ 0,70 10.675 R$ 7.472,50 -R$ 42.527,50
1 R$ 5.500,00 R$ 60.500,00 1 R$ 0,77 10.675 R$ 8.219,75 -R$ 34.307,75
2 R$ 6.050,00 R$ 66.550,00 2 R$ 0,85 10.675 R$ 9.041,73 -R$ 25.266,03
3 R$ 6.655,00 R$ 73.205,00 3 R$ 0,93 10.675 R$ 9.945,90 -R$ 15.320,13
4 R$ 7.320,50 R$ 80.525,50 4 R$ 1,02 10.675 R$ 10.940,49 -R$ 4.379,64
5 R$ 8.052,55 R$ 88.578,05 5 R$ 1,13 10.675 R$ 12.034,54 R$ 7.654,90
6 R$ 8.857,81 R$ 97.435,86 6 R$ 1,24 10.675 R$ 13.237,99 R$ 20.892,89
7 R$ 9.743,59 R$ 107.179,44 7 R$ 1,36 10.675 R$ 14.561,79 R$ 35.454,67
8 R$ 10.717,94 R$ 117.897,38 8 R$ 1,50 10.675 R$ 16.017,97 R$ 51.472,64
9 R$ 11.789,74 R$ 129.687,12 9 R$ 1,65 10.675 R$ 17.619,76 R$ 69.092,41
10 R$ 12.968,71 R$ 142.655,84 10 R$ 1,82 10.675 R$ 19.381,74 R$ 88.474,15
11 R$ 14.265,58 R$ 156.921,42 11 R$ 2,00 10.675 R$ 21.319,91 R$ 109.794,06
12 R$ 15.692,14 R$ 172.613,56 12 R$ 2,20 10.675 R$ 23.451,91 R$ 133.245,97
13 R$ 17.261,36 R$ 189.874,92 13 R$ 2,42 10.675 R$ 25.797,10 R$ 159.043,06
14 R$ 18.987,49 R$ 208.862,41 14 R$ 2,66 10.675 R$ 28.376,81 R$ 187.419,87
15 R$ 20.886,24 R$ 229.748,65 15 R$ 2,92 10.675 R$ 31.214,49 R$ 218.634,36
16 R$ 22.974,86 R$ 252.723,51 16 R$ 3,22 10.675 R$ 34.335,94 R$ 252.970,29
17 R$ 25.272,35 R$ 277.995,87 R$ 3,54 10.675 R$ 37.769,53
18 R$ 27.799,59 R$ 305.795,45 18 R$ 3,89 10.675 R$ 41.546,48 R$ 332.286,30
19 R$ 30.579,55 R$ 336.375,00 19 R$ 4,28 10.675 R$ 45.701,13 R$ 377.987,43
20 R$ 33.637,50 R$ 370.012,50 20 R$ 4,71 10.675 R$ 50.271,24 R$ 428.258,68
21 R$ 37.001,25 R$ 407.013,75 21 R$ 5,18 10.675 R$ 55.298,37 R$ 483.557,04
22 R$ 40.701,37 R$ 447.715,12 22 R$ 5,70 10.675 R$ 60.828,20 R$ 544.385,25
23 R$ 44.771,51 R$ 492.486,63 23 R$ 6,27 10.675 R$ 66.911,02 R$ 611.296,27
24 R$ 49.248,66 R$ 541.735,30 24 R$ 6,89 10.675 R$ 73.602,13 R$ 684.898,40
IMPOSTO DE RENDA (15%) R$ 81.260,29
RESGATE (MONTANTE) R$ 460.475,00 MONTANTE R$ 684.898,40

Ao final dos 25 anos, o sistema fotovoltaico gerou um retorno de R$ 684.898,40, enquanto a aplicação financeira rendeu R$ 460.475,00. Ou seja, tem-se uma perda de R$ 224.423,40 ao optar por não adquirir o sistema solar, e sim aplicar o dinheiro em títulos públicos.

Apesar de ser um investimento que requer um capital relevante, ainda não há no mercado uma rentabilidade tão boa e de risco tão baixo quanto o investimento em energia solar.

E você ainda pode pegar o dinheiro economizado (rendimento) com seu sistema de energia solar e reinvesti-lo, potencializando ainda mais seus lucros!

Curtiu nosso post? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário abaixo que entramos em contato com você!

Oca Energia
Oca Energia
Fundada no ano de 2014, a Oca Solar Energia é uma empresa especializada em capacitação e treinamento em energia solar fotovoltaica. Somos extremamente preocupados com a qualidade e aplicabilidade dos nossos treinamentos, por isso em 2015 firmamos uma parceria com o SENAI que é referência em treinamentos técnicos. Parceria esta que vem crescendo e hoje atende vários estados no Brasil. Para os alunos que não conseguem fazer o curso presencial, oferecemos uma plataforma EAD com o diferencial de ter encontros ao vivo e proporcionar aos alunos integração com o instrutor em tempo real e otimização do seu processo de aprendizado. Além da parceria com o SENAI, contamos com grandes parceiros relacionados ao setor, como Genyx Solar Power (distribuidora especialista em energia solar), Clamper (referência no segmento de proteção contra raios e surtos elétricos) e Sil Fios e Cabos Elétricos (uma das principais empresas brasileiras de seu segmento). Com o intuito de difundir ainda mais a energia solar no Brasil e no mundo, nós da OCA promovemos os cursos e treinamentos especializados para capacitação e aperfeiçoamento pessoal e profissional, por meio de atendimento personalizado, entendimento das necessidades dos clientes, alinhamento de expectativas e transparência nas negociações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *